Pesquise aqui...
TOP
Uncategorized

Vamos conversar sobre celulite?

“Qual é a necessidade disso?”. Essa é a pergunta que eu faço toda vez que olho para a minha pele das coxas e vejo aquele aspecto de casca de laranja (ou seria de maracujá) por lá. Coisa mais ingrata essa tal da celulite… Estava conversando com uma amiga outro dia sobre isso e, né, toda mulher tem – ou já teve. Pensando nisso, resolvi trazer o assunto aqui para o blog também! 
Aproveitei para bater um papo com a Sílvia Sabino, nutricionista do spa Bella Donna, para esclarecer várias dúvidas que tinha sobre os temidos furinhos, como o que pode causar as temidas celulites, tratamentos, exercícios físicos, e mais. Vejam só:
Hey Cute –  O aparecimento das celulites está relacionado à aspectos genéticos?
Silvia Sabino – O componente genético é um fator real: o número de células de gordura e a sua localização é determinada desde o nosso nascimento. A localização conta muito, pois a pele de laranja se forma de preferência onde a pele é fina e frágil: coxas, bumbum, mas também os braços e outras partes do corpo. Em outras regiões do corpo, os aglomerados de gordura podem se formar, mas a celulite é mais rara. É necessário salientar que a celulite não só tem um efeito estético negativo, mas ela também cria outros problemas: as células de gordura, quando são muito grandes, podem bloquear a circulação do sangue e a eliminação de toxinas sob a superfície de pele.
HCQuais alimentos você indicca para quem quer eliminar as celulites?
SB – Tenho uma lista:
Leticina: reforça a parede das células, impedindo que elas percam nutrientes e água. Encontrado nos seguintes alimentos: amendoim, batata, couve-flor, espinafre, laranja, ovo e tomate.
Glicosamina: funciona como um reparador da pele e dá firmeza aos tecidos que formam a estrutura da pele. Encontrado nos seguintes alimentos: camarão com casca e suplementos de glicosamina ou glucosamina.
Ácidos graxos essenciais: atraem a água e a retém dentro das células, garantindo hidratação. Encontrado nos seguintes alimentos: azeite de oliva, óleo de linhaça, sementes (linhaça, gergelim e girassol), castanhas e peixes.
Aminoácido: estimulam a produção de colágeno e elastina, que dão firmeza à pele.Encontrado nos seguintes alimentos: carne magra, frango, peixe, queijo magro, ovo, leite e nozes.
Antioxidantes: impedem que os radicais livres fragilizem os tecidos, abrindo caminho para a celulite. Encontrado nos seguintes alimentos: cebola, cenoura, chá verde, frutas cítricas, frutas vermelhas e vinho tinto.
Antiinflamatórios: amenizam o efeito de processos inflamatórios que enfraquecem as defesas das células, tornando-as vítimas fáceis dos radicais livres. Encontrado nos seguintes alimentos: alface, azeite de oliva, brócolis, espinafre, ervilha fresca ou seca, feijão-branco, peixe e nozes.
Vitaminas B e minerais: ajudam as células da pele a absorver melhor os nutrientes. Encontrado nos seguintes alimentos: abacate, aveia, banana, beterraba, brócolis, cogumelo, laranja, melancia, leite e queijo com baixo teor de gordura.

HC – O refrigerante é mesmo um dos maiores vilões?
SB – Não. Não é verdade que refrigerante causa celulite. Como podemos ver, a celulite não é um acontecimento de única causa, existem vários fatores, mas certamente não é o refrigerante, isso é um mito, e na realidade a pessoa deve diminuir a ingestão do mesmo por não ser nutritivo e por ajudar a engordar.
HC – E quanto aos exercícios físicos? Quais são os mais recomendados para quem procura um bumbum durinho?
SB – A pratica de atividade física diariamente é muito bom, principalmente os aeróbicos como: correr, nadar, caminhar, musculação e ginástica localizada. Eles ajudam a endurecer o bumbum, uma vez que enrijecem os glúteos e a musculatura da região.
HC –  Qualquer tipo de celulite pode ser tratada com eficácia ou existem níveis, assim como acontece com a estria, que não tem tratamento ao atingir certo tipo de coloração?
SB – Existem vários tratamentos, a idade sempre interfere, também o grau e o tempo que a celulite já durou. Graus mais iniciais e tempos mais curtos, pessoas mais jovens tem melhor resposta ao tratamento, graus mais avançados com nódulos, depressões, grande extensão em pessoas mais velhas que apresentarem essa celulite há muito tempo vão ter mais dificuldade em ter resultados mais satisfatórios. O tratamento sempre vai depender do grau, da idade, do tipo de manifestação que se apresenta com mais intensidade daquela celulite, por exemplo, mais gordura localizada, mais retenção de líquido, sendo que cada caso  é analisado individualmente e cada caso terá seu tratamento.
HC – Além dos tratamentos feitos no SPA, como o Manthus e a Carboxiterapia, existe algum tipo de alimento que pode amenizar o aspecto dos furinhos?
SB – Apesar de haver inúmeros recursos estéticos capazes de amenizar as celulites, eles sozinhos não promovem resultados permanentes. Comer mais que o necessário e exagerar no consumo de gorduras e carboidratos simples (açúcares e doces) aumentam a síntese e o armazenamento de gorduras, favorecendo o surgimento da celulite.  Tomar pouca água e abusar do sal são hábitos que também dificultam a troca de líquidos no organismo, favorecendo a retenção de resíduos tóxicos e causando a celulite Por isso, evite alimentos fritos, enlatados, processados ou refinados. Eles contêm aditivos, conservantes, corantes e substâncias artificiais que, além de dificultarem a digestão e conterem alta quantidade de açúcares e gorduras, aumentam a quantidade de toxinas na corrente sanguínea.
Deu para esclarecer muitas dúvidas, né? Confesso que fiquei chocada com a resposta sobre o refrigerante, rs! 
Obrigada pela entrevista, Silvia 
TAGS:

Karla Lopes

Karla Lopes tem 29 anos, é de Belo Horizonte, empresária, jornalista e criadora de conteúdo atuando há 12 anos na internet. Além disso, é a criadora da Lunnare Co., marca de autocuidado holístico que trabalha a magia das ervas. Por aqui, vocês vão encontrar conteúdos autorais de comportamento, bem estar, espiritualidade e beleza. Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *