Pesquise aqui...
TOP
Uncategorized

Livro de Cabeceira: Fiquei com o seu número, de Sophia Kinsella

Depois de ter lido “O inferno de Gabriel” (resenha aqui!) fiquei com ressaca literária de livros densos, com personagens fortes e que quase atropelam a gente com as suas complexidades. Nessas horas, as histórias no estilo chick lit são as melhores. Escolhi então ler uma das mais faladas neste ano: “Fiquei com o seu número”, da Sophia Kinsella. A autora é uma das minhas favoritas e sempre escreve tramas leves e muito divertidas.

• Autor: Sophia Kinsella 
• Páginas: 464
• Editora: Record
• Sinopse: A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz… Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir. 
• Resenha: Vou começar dizendo que este livro não rouba o posto de Menina de Vinte (escrito pela mesma autora) da minha lista de favoritos. Mas, olha, a briga é boa, viu… A Sophia Kinsella sabe escrever um bom chick lit como ninguém. Consigo imaginar muito a história de “Fiquei com o seu número” nos cinemas – com a Mila Kunis no papel principal, se possível. 
A trama é um tanto quanto maluca, mas super imaginável. Quem nunca se meteu em situações inesperadas e precisou resolvê-las de uma forma mais inesperada ainda que atire a primeira pedra. Quando a Poppy, personagem principal do livro, perde seu anel, roubam seu celular e vê a luz no fim do túnel em um telefone encontrado na lixeira, pensei: o que será que essa mulher vai arrumar?. Aí, quando ela se vê obrigada a ser uma espécie de secretária passando todos os recados que o dono do celular, Sam, recebe, tive certeza que este seria um dos livros mais divertidos que iria ler neste ano.
Como sempre digo, os personagens livros chick lit se assemelham muito aos de comédias românticas que vemos no cinema. Eles não super complexos e, para mim, quase nunca marcam a minha vida, mas é muito divertido conhecê-los. A Poppy é incrível e se mete em cada enrascada por causa de seu casamento e do celular que, nossa… Se não fosse tão legal de ler, ficaria com pena dela.
A grande questão do livro é o fato da personagem se sentir inferior quando está com a família de seu noivo. Todos são super gênios e ela não. A insegurança dela é sofrível. Poppy tenta, e muito, se adequar, mas não consegue. E nem tem que conseguir mesmo. Ela não enxerga a pessoa maravilhosa que é e depois descobre que de perfeita a família de seu noivo não tem nada. Falando sobre Sam, o dono do celular, apesar de ser um pouco frio, o personagem é uma graça e a maneira como ele e Poppy vão se ajudando em suas questões particulares é bem legal.
“Fiquei com o seu número” é uma comédia romântica muito fofa, daquelas que a gente lê para se sentir bem. Apesar de ter achado o final um pouco corrido demais e não muito bem explorado, recomendo o livro para esses momentos de ressaca literária, em que a gente não quer ser esmagada por histórias muito complexas. 😉

Karla Lopes

Karla Lopes tem 29 anos, é de Belo Horizonte, empresária, jornalista e criadora de conteúdo atuando há 12 anos na internet. Além disso, é a criadora da Lunnare Co., marca de autocuidado holístico que trabalha a magia das ervas. Por aqui, vocês vão encontrar conteúdos autorais de comportamento, bem estar, espiritualidade e beleza. Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *