Pesquise aqui...
TOP
Uncategorized

Livro de Cabeceira: Entre o agora e o nunca, de J. A. Redmerski

É, comigo não tem jeito. Saio de uma ressaca literária para entrar numa mais brava ainda. Isso sempre acontece quando leio um livro muito bom, que mexe bastante comigo. “Entre o agora e o nunca” estava há um bom tempo na minha lista e, como algumas de vocês perceberam, não li praticamente nada por lazer nos últimos 2 meses. Tava de ressaca e não conseguir dar continuidade a nenhuma história que pegava para conhecer mas, assim como acontece com a bebida, a gente só cura uma ressaca literária com outra pior ainda.
• Autor: J. A. Redmerski 
• Páginas: 368
• Editora: Suma das Letras
• Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.
• Resenha: Começo dizendo que o que Camryn fez é tudo que eu queria fazer um dia. Quem nunca teve um desejo intenso de largar tudo e cair no mundo, sem destino para se afastar um pouco dos problemas? Às vezes, é bom tomar outros ares, conhecer outros lugares e pessoas. Foi isso que Cam, personagem que se tornou uma das minhas favoritas dos livros New Adult, fez. Mas penso que, assim como aconteceu com ela, ao sair sem rumo, você acaba encontrando um propósito em toda essa “caminhada randômica”. Nada nessa vida é sem propósito, gente.
A gente já começa o livro sabendo o que vai acontecer com ela e Andrew mas, mesmo que a sinopse denuncie o encontro dos dois, fui surpreendida pela maneira como a autora construiu e relacionou os personagens. Camryn é uma menina comum, com vários problemas no passado mas, ainda assim, comum. Gostei dela por achá-la bem autêntica, sabe? Andrew também com seus dilemas é um cara autêntico. E acho que os dois combinaram tanto, mas tanto, que não conseguia largar os diálogos divertidos e intenso deles. Era muito gostoso acompanhá-los se conhecendo e também auto-conhecendo. Juntos, eles se descobriram, cada um do seu jeito. 
Como se trata de um livro New Adult, gênero que vêm fazendo bastante sucesso na literatura contemporânea, a autora não poupa a linguagem na hora de inserir vários palavrões, que eu achei exagerado em certos momentos, e também ao falar de sexo, que deu uma dinâmica e ainda mais química ao casal principal.
Acho que o que mais amei no livro é a “surpresa” do final. Surpresa que não é necessariamente boa – e também não é o que está passando pela cabeça de vocês agora, tá? Chorona que sou, me desmanchei em lágrimas ao ler as últimas páginas do livro. J.A Redmerski soube conduzir a história super bem, mesmo que eu tenha achado o final muito corrido. Tipo, ela poderia ter desenvolvido bastante o finalzinho e me dado mais uma algumas páginas de Andrew e Camryn.
Como disse, uma ressaca literária só se cura com outra e, agora, quase uma semana depois de ter terminado “Entre o agora e nunca”, só fico pensando no casal da trama e como foi gostoso conhecer a história deles. Espero ansiosamente pela continuação, “Entre o agora e sempre”, que sai em abril do ano que vem. E, é claro, vou relar várias vezes este livro antes de continuar a conhecer o destino – ou falta dele – desses dois personagens que, com certeza, ganharam um espaço especial no meu coração literário. 

Karla Lopes

Karla Lopes tem 29 anos, é de Belo Horizonte, empresária, jornalista e criadora de conteúdo atuando há 12 anos na internet. Além disso, é a criadora da Lunnare Co., marca de autocuidado holístico que trabalha a magia das ervas. Por aqui, vocês vão encontrar conteúdos autorais de comportamento, bem estar, espiritualidade e beleza. Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *