Pesquise aqui...
TOP
Uncategorized

Divagações: esconder o meu corpo? Oi?

Estou aqui no avião voltando para BH e escrevi esse post que veio direto dos comentários do meu Instagram. Já falei que, muitas vezes, o que vocês me dizem rende posts bem recheados por aqui, né? O dessa vez é sobre uma coisa que me deixou encucada: esconder o corpo. Postei uma foto de biquíni no meu último dia de RJ lá no perfil e algumas meninas comentaram elogios ao meu corpo e complementaram dizendo que eu o escondia. Li os comentários e fiquei assim: oi? 
A mesma reação foi de uma amiga que mandou um print do meu perfil e me perguntou: quer dizer então que agora você tem que andar pelada? Meninas que comentaram, por favor, não me levem a mal, mas o estilo de pensamento que veio à minha cabeça ao ler os comentários me incomodou. Me incomodou porque é algo já introjetado nas nossas cabeças. Tipo, se a mulher tem o corpo bonito, ela tem mais é que mostrar. O contrario não? A minha primeira reação foi: eu não uso roupas largas. Mas, depois, pensei: se eu usasse também, o que que tem? 
Quando vou me vestir, procuro sempre balancear minhas peças para que eu me sinta confortável com elas. E quem é leitora do HC sabe bem disso! Gosto muito de recortes, jeans skinny e os meus longos adoram uma boa fenda deixando a perna à mostra ao andar. Procurando sempre um detalhe que vai me fazer sentir bonita, sabe? Se eu fosse uma blogueira fitness, podem ter certeza que vocês veriam o resultado das duas horas e meia diárias por seis dias na semana que eu passo na academia aqui. Ou se eu vivesse na praia, biquínis seriam um assunto frequente no blog.
A expressão ‘esconder’ o meu corpo foi estranha. Esconder porquê? Eu gosto e cuido demais dele para esconder. E o que seria mostrar? Desculpe, mas não é porque eu tenho um corpo dito bonito pela sociedade que eu tenho que andar vestida à vácuo por aí, né? Se fosse o meu estilo, andaria sem problema algum, lógico. Afinal, quem é a dona sociedade e seus seguidores com regrinhas para ditar o que eu faço ou deixo de fazer? Ninguém, isso mesmo! 
Aí, depois, me veio mais um pensamento: e se eu não tivesse essas curvas todas, aí seria ok eu usar roupas largas (que eu não uso) e esconder o meu corpo (o que eu não faço)? Pensem nisso! Sei que os comentários não foram por mal, mas me causaram uma sensação estranha por causa desse pensamento “o que é bonito é para se mostrar” ou “ai, ela gordinha, tem que usar roupas mais largas”.
Como sempre digo aqui, a gente usa o que quer, o que nos deixa feliz em frente ao espelho. Me sinto bem de biquíni, saia longa, top cropped, short jeans e o que mais eu quiser usar. Afinal, forçar um estilo para mostrar ou esconder o corpo porque ele é bonito ou feio é algo que a gente já sabe que não se deve pregar por aí, certo? Vou esperar o avião pousar, renovar a minha matricula na academia (afinal, perdi o freio do RJ) e usar um short com uma das minhas fiéis t-shirts para mostrar meu corpo da maneira com a qual eu me sinto confortável. Sugiro que façam o mesmo (não a matrícula, mas sim se vestirem sem trair o que gostam e acreditam!). 😉

Karla Lopes

Karla Lopes tem 29 anos, é de Belo Horizonte, empresária, jornalista e criadora de conteúdo atuando há 12 anos na internet. Além disso, é a criadora da Lunnare Co., marca de autocuidado holístico que trabalha a magia das ervas. Por aqui, vocês vão encontrar conteúdos autorais de comportamento, bem estar, espiritualidade e beleza. Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *