Pesquise aqui...
TOP
Uncategorized

#carnavalizaBH: muito amor ao carnaval de rua de Belô!

Imaginem uma pessoa super caseira e nada festeira? Imaginaram? Pois é, agora multiplique a quietude dela por três, aí vocês terão como resultado euzinha! Essa minha coisa de ficar muito em casa mudou completamente no carnaval deste ano. Nunca fui muito animada para me jogar na festa mas, dessa vez, toda a expectativa da retomada do carnaval de rua de BH me transformou em outra pessoa. Semana passada, quando os bloquinhos começaram a tomar as ruas, eu estava quicando de ansiedade. Não via a hora de chegar sexta-feira para cair no samba e ficar assim até o último dia de festa!
Belo Horizonte, nos últimos tempos, era uma cidade conhecida por não ter carnaval. Todo mundo que gosta de curtir essa época do ano fugia daqui para o interior ou outros estados. BH ficava vazia, às moscas  no período. Hoje, o carnaval de belô tá de volta! Na última semana, fizemos várias entrevistas sobre o tema no Agenda, programa de tv em que trabalho na Rede Minas, e alguns dos entrevistados falaram que o carnaval daqui já foi o segundo maior do país. Por que isso se perdeu eu não sei, mas fico feliz com a volta do carnaval DE belô – só dela (e nosso!)!

Nos últimos dias tenho ido à vários bloquinhos e, gente, que delícia! Me diverti como nunca – menção honrosa para o bloco “Baianas Ozadas”, um dos meus favoritos, que só toca axé dos anos 80/90 e também para os meus amigos que são incríveis! Tenho postado a programação dos bloquinhos no facebook do HC e como tá tendo coisa, né? Vários bairros estão montando os seus blocos, reunindo os moradores e indo para rua pular e brincar como nunca. Fico com os olhos brilhando ao ver a animação de todo mundo.

Acho que, agora, todo mundo está olhando BH com essa possibilidade – já disse que quem acha que aqui não tem nada pra fazer é porque não procura direito, né? Creio que vai chegar um momento em que as pessoas vão vir para cá por causa do carnaval, afirmando que Belô  têm uma das festas de rua mais legais do Brasil. E espero que ele continue incrível assim: cheio de gente feliz, no espírito da festa, com fantasias divertidas, originais e um sorrisão no rosto. O meu momento “#carnavalizaBH” já está na lista dos melhores de 2014, obrigada!
Ps: coisa mais linda ver as ruas tomadas por vovôs e vovós que, assim como a minha avó, relembram as festas em bloquinhos carnavalescos de outros tempos. A felicidade deles é contagiante!
Ps2: sempre tem um ponto ruim e, para mim, o maior deles parte da parte babaca do universo masculino que insiste em não respeitar as mulheres e nos agarrarem – às vezes à força e com aquela mania irritante de puxar o cabelo – no meio da rua. Quer pegar Deus e o mundo? Então vai para Diamantina (com todo o respeito a cidade, mas não negando que o carnaval de lá tem essa característica)! 
Fotos: Farm/Divulgação-Reprodução
TAGS:

Karla Lopes

Karla Lopes tem 29 anos, é de Belo Horizonte, empresária, jornalista e criadora de conteúdo atuando há 12 anos na internet. Além disso, é a criadora da Lunnare Co., marca de autocuidado holístico que trabalha a magia das ervas. Por aqui, vocês vão encontrar conteúdos autorais de comportamento, bem estar, espiritualidade e beleza. Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *