Pesquise aqui...
TOP
Uncategorized

#1filmeporsemana: Jogos Vorazes – Em Chamas

Leitores e leitoras do Hey Cute, da próxima vez que eu tentar emplacar um projeto semanal ou diário aqui no blog em final de semestre da faculdade, me avisem que não vou conseguir manter. A ideia dessa tag era que eu postasse uma resenha de filme por semana mas, né, faz mais de um mês que não posto. Enfim, agora, que as minhas férias estão chegando, vou conseguir mantê-la, ufa! 
Semana passada eu fui assistir um dos filmes que mais esperava neste ano: Em Chamas, a continuação de Jogos Vorazes. Como já falei para vocês, sou fã incondicional da saga, apaixonada pelos livros e também pelos filmes. Minhas expectativas para Em Chamas estavam lá no alto. O livro é meu favorito, apostava que a adaptação seria fiel e também adoro o elenco que foi escolhido para dar vida aos personagens da história.
Jennifer Lawrence é sensacional e eu não poderia querer uma Katniss melhor. Ela passa com louvor todo o sentimento da personagem num trabalho impecável. Acho que não existe fã de Jogos Vorazes que não goste a atuação dela.

Desta vez, o filme é muito mais intenso. O primeiro foi apenas a ponta do iceberg e, agora, chegamos à metade de toda a revolução pela qual os distritos irão passar a partir da atitude de Katniss e Peeta na arena. Acho em Em Chamas bem cruel, de verdade. Primeiro, vemos a dupla protagonista fazendo a chamada turnê dos vitoriosos por todos os distritos.

É durante essa passagem que vemos como toda Panem está entrando em colapso por causa dos abusos da Capital. Achei essa parte um pouquinho arrasada e esperava que o grande acontecimento da história chegasse rápido. Mesmo tendo essa sensação, toda a turnê serviu para mostrar como Katniss tinha apoio em sua luta, mesmo que ela precisasse disfarçar os seus desejos de justiça por causa das ameaças feitas pelo Presidente Snow.

Mesmo o filme tendo sim um pouco de romance, ele não foi o foco da produção, ainda bem! Katniss está determinada a proteger aqueles que ama e, quando se vê obrigada a voltar à arena junto com vencedores dos outros distritos, ela não vai exitar em, se for preciso, dar a sua vida para que ninguém mais se machuque. A arena dessa vez é completamente diferente, muito mais perigosa, com umas armadilhas inacreditáveis…
O que eu mais gostei no filme foi a sutiliza usada para construir o grande acontecimento da história. Sério, se você não leu o livro, vai ser muito difícil conseguir adivinhar o que acontece no final, o grande boom da trama. Vi muita gente no cinema sem acreditar no que tinha acontecido e clamando pela continuação. Mesmo sabendo, eu também estou assim. A Esperança, último filme da série, estreia sua primeira parte no ano que vem e a segunda em 2015. Ok que estou achando péssimo essa divisão desnecessária dos filmes, mas acredito que toda a equipe vai fazer um bom trabalho. Aguardo ansiosamente, já que Em Chamas superou todas as minhas expectativas e, mais um vez, saí do cinema satisfeita ao ver a adaptação de um dos meus livros favoritos da vida! 😉

Karla Lopes

Karla Lopes tem 29 anos, é de Belo Horizonte, empresária, jornalista e criadora de conteúdo atuando há 12 anos na internet. Além disso, é a criadora da Lunnare Co., marca de autocuidado holístico que trabalha a magia das ervas. Por aqui, vocês vão encontrar conteúdos autorais de comportamento, bem estar, espiritualidade e beleza. Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *