Search here...
TOP
Lifestyle

Quando o Carnaval acaba, o que fica?

Quando o Carnaval acaba, o que fica?

Antigamente, Carnaval pra mim significava “oba, um feriadão para eu dormir o dia inteiro e colocar minhas séries em dia”. De uns dois anos pra cá, isso tem sido diferente. Neste ano, nem passei perto do meu computador, que ficou desligadinho na minha mesa durante cinco dias, e dormir se tornou algo que eu fiz só para repor as energias para o próximo bloco.

BH nunca foi uma cidade em que o Carnaval era atração. Na verdade, todo mundo fugia daqui e as ruas pareciam de um município fantasma. Não se via ninguém. Não havia ocupação de nada. Depois que isso mudou, eu mudei no período também. Ao invés de ficar embaixo das cobertas, eu resolvi ocupar as ruas.

Quando o Carnaval acaba, o que fica?

E, agora, sentandinha aqui na minha cadeira voltando à rotina de trabalho, já sinto falta das minhas amigas, das cores, do brilho, das fantasias, do glitter que usei e que vai ficar em mim e no meu quarto até 2020, da chuva que tomei nos blocos, nas dores nas pernas e nos pés que quase me fizeram abortar a missão, e mais de um monte de coisas que vão ficar agora que o Carnaval acabou.

Depois dos últimos dias, a vontade que fica é a de ter um Carnaval por semestre. Só mais uma semaninha no ano em que a nossa única preocupação é caprichar nas fantasias e fazer uma lista dos melhores blocos da cidade – mesmo que você precise acordar às 4h da manhã para se arrumar e sair às 6h para pegar a melhor luz e começar o dia se divertindo na rua com axés dos anos 90.

Fica também o desejo de estar sempre perto de pessoas que alimentam sua vida com luz, confete e porpurina. Pessoas com as quais você sabe que não vai deixar de se divertir por um tempo ruim, chuva ou aperto de um bloco cheio.

Quando o Carnaval acaba, o que fica?

O Carnaval acabou, infelizmente, mas o fica é a vontade de sempre aproveitar ao máximo o que a vida tem a oferecer. A vontade de ocupar cada espacinho que pode vir a te fazer feliz – independentemente de qualquer coisa. O Carnaval acabou e o que fica aqui é a felicidade de ter aproveitado cada minuto com a leveza, a alergia, o brilho e as companhias que se quer para a vida inteira!

Fotos: Lara Dias

 

TAGS:

Karla Lopes

Karla Lopes tem 27 anos, é de Belo Horizonte, blogueira e jornalista trabalhando há 10 anos com produção de conteúdo para a Internet. Além disso, aventura-se com produção de cerâmicas feitas à mão (que são vendidos na minha loja: www.heycutestore.com). Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *