Search here...
TOP
Uncategorized

Mini franja

Apesar de darem trabalho, sou fã número um de franjas. Prova disso, é que tenho esse estilo de cabelo há muito anos. Minha testa é grande e eu sempre quis esconder isso (hoje, parei de neura, ainda bem!), por isso, usar franja foi sempre a minha solução para deixar o rosto mais bonito. Mesmo que agora eu tenha me desapegado um pouco dela, continuo gostando de vê-la em outras pessoas. Tem gente que nasceu para usá-la, né?
Dos tipos de franja que adoro, as mini, curtinhas, quase na metade da testa, têm me chamado muita atenção. Não é um tipo de corte comum e não acho que combine com todo mundo mas, quando dá certo, fica incrível. 
Audrey Hepburn com sua mini franja
Este tipo de franja curtinha era um clássico nos anos 20. Mas, como a gente já percebeu há muito tempo, a maioria das coisas que fez sucesso há anos, volta com tudo, depois some, volta de novo… Na moda e na beleza, tudo é assim. A franja curta também fazia sucesso entre as pin ups, era quase que uma marca registrada delas. 
Agora, que mais uma vez o tipo de corte está em evidência, muitas meninas estão adotando o estilo, que é um charme só. A franja têm, sei lá, uns três/quatro dedos de comprimento, fica bem acima das sobrancelhas, quase na metade da testa. Combina demais com quem gosta deste estilo mais vintage, mesmo que seja só no cabelo.  
Muitas famosas adotaram o estilo da franjinha curta e dividiram opiniões sobre o corte de cabelo. Acho que, de todas acima, a única que não gostei muito foi a Sabrina Sato. Lembro que quando ela cortou foi bombardeada de opiniões negativas. A franja é bacana, mas não combina muito com ela. 
Já nas outras três, Mallu, Penélope e Rihanna, eu amei. Com a Mallu o corte casa super com o estilo dela de se vestir. Na Rihanna ficou bacana também porque este tipo de franja acompanha bem cabelos curtos. Aí, para fechar, Penélope Cruz, com a franja mais desfiada. Linda, linda!
A minha vontade de fazer este post veio depois que encontrei a Nádia, leitora aqui do blog muito querida, mas muito querida mesmo, que está com a franja curtinha assim. Sempre encontro com a ela aqui em BH porque trabalhamos nessa mesma área de moda/beleza/cultura, aí, na última vez em que eu a encontrei, a franja estava bem desfiada, linda de viver. Lembro que a Ná me disse que estava um pouco insegura com o corte, mas combina tanto com ela, mas tanto, que não tem motivos para se sentir assim.
Enquanto fazia este post, perguntei à ela o porquê de ter cortado a franja dessa maneira e como ela faz para cuidá-la. Vejam só a resposta: 
“Depois de mudar a cor do cabelo diversas vezes e arriscar o corte chanel, eu percebi que a melhor versão de mim mesma era a natural, sem tinta ou com os fios mais curtos. Mas eu sempre tive vontade de ser um pouco “diferente” das outras meninas que eu conheço. Quem convive comigo há muito tempo sabe que eu não abro mão da minha franja… E foi então que uma amiga me incentivou a ter uma mini franjinha. Aí decidi cortar. 
Me inspirei na Audrey Hepburn e na velha e louca da Mallu Magalhães. E como ser diferente incomoda quem não consegue ser, eu escutei algumas críticas bobas, mas também muitos elogios. E uma coisa é fato: com a franjinha, os outros começaram a olhar mais para os meus olhos e a maioria sempre comenta o quanto o meu rosto é delicado e como os meus cílios são grandes. Como o meu cabelo é liso, a franja não precisa de muitos cuidados. Uso o secador e a repico de 3 em 3 semanas. Também faço hidratação semanal com um creme de tratamento da Pantene para cabelos lisos e não deixo de lado o reparador de pontas da Avon.”
Fofa, né? E eu concordo com o que Nádia disse sobre os comentários positivos dos outros. Até falei o mesmo com ela sobre seu rosto mega delicado e como a franja evidencia isso. Se você quer cortar o cabelo assim, tá aí uma super inspiração! 😉
TAGS:,

Karla Lopes

Karla Lopes tem 27 anos, é de Belo Horizonte, blogueira e jornalista trabalhando há 10 anos com produção de conteúdo para a Internet. Além disso, aventura-se com produção de cerâmicas feitas à mão (que são vendidos na minha loja: www.heycutestore.com). Tem experiência com comunicação criativa, textos de comportamento, produção de moda e cultura e também criação e edição de vídeos para a web.

«

»

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *